Momo, boato ou não devemos usar a tecnologia a nosso favor - Dra. Denise Lellis Pediatra

Momo, boato ou não devemos usar a tecnologia a nosso favor

A tecnologia veio pra ficar e é maravilhosa quando sabemos usá-la a nosso favor.

Vocês mães que estão se sentindo mal porque não conseguem evitar 100% as telas calma! Vocês não estão sozinhas.

Um estudo publicado no JAMA Pediatrics de 2007 (mais de 10 anos atrás) que incluiu 1009 pais de crianças de 2 meses a 2 anos mostrou que 40% dos bebês de 3 meses já assistiam TV ou vídeos regularmente e esse número subiu para 90% das crianças de 2 anos! 

Não temos dados brasileiros mas deve ser por aí. 

O fato é que apesar da clareza das recomendações pouca gente tem seguido por vários motivos.

Além das recomendações, precisamos falar de equilibrio e conteúdo. E de como usar a tecnologia a nosso favor.

O assunto aqui não é a Momo e nem se isso é ou não real. A publicidade infantil e os exemplos inadequados de muitos blogueiros infantis já são prejudiciais o suficiente.

Mesmo que você represente a minoria que não expõe ás telas um dia o contato será inevitável. Então orientar faz mais sentido do que assustar.

Algumas dicas:
🔸Monitoramento real. Assista junto pra ensinar o que é legal e o que não é;
🔸Faça combinados. Quando você apenas proíbe eles fazem escondido;
🔸Use aplicativos confiáveis e que não deem acesso livre á rede para crianças;
🔸Nada de jogos ou aplicativos de interação online com outras pessoas para crianças;
🔸Deixe claro aquilo você considera inadequado;
🔸Use o tempo de tela ativo ao invés de passivo e aproveite para oferecer jogos educativos;
🔸 Combine de baixar os jogos junto com eles. O acesso ás lojas dá acesso á rede;

🔸 Respeite a idade das censuras dos programas;
🔸Respeite as idades permitidas de uso das redes sociais. Rede social não é para crianças.;
🔸Muitas crianças brincam muito bem sozinhas . Elas só não têm essa chance porque a tela é mais disponível.

👉🏼 Equilibrio. Mesmo que seu filho tenha acesso ás telas, garanta presença, escuta, conversa e brincadeira. É isso que vai ensinar seu filho a se defender da maioria dos males do mundo! .

🤓Zimmerman FJ, Christakis DA, Meltzoff AN. Television and DVD/Video Viewing in Children Younger Than 2 Years. Arch Pediatr Adolesc Med. 2007;161(5):473–

Artigos criados 129

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.