Dra Denise Lellis


Infância e restrição alimentar.


Um estudo experimental com crianças de 5 a 7 anos mostra que, sob um pequeno estresse, elas podem "descontar" na comida ingerindo cerca de 400 kcal a mais do que crianças que não sofreram estresse. E a maneira com que os pais lidam com a comida pode definir esta reação. O estudo sugere que pais que controlam excessivamente a ingestão de alimentos para crianças entre 3 e 5 anos podem involuntariamente ensinar as crianças a usar alimentos palatáveis para lidar com emoções negativas. O fenômeno se apresenta mais tarde, entre os 5 e 7 anos.

Submetidas a um fator estressor externo, crianças que pais usavam alimentos como recompensa e restrição, ou que possuíam restrições devido a problemas de saúde consumiam significativamente mais calorias no lanche mesmo na ausência de fome.

Pesquisas adicionais são necessárias para avaliar as implicações desses achados para a ingestão e peso de alimentos para crianças fora do ambiente de laboratório.

Fonte: AJCN. doi: 10.3945/ajcn.114.103713.
Dica de leitura ->->-> Denise Lellis, pediatra departamento de Obesidade Infantil da Abeso