“Na escala entre doces e crack, [as telas] estão mais perto do crack.”

@psicologavaldeli e @dr.albertodiasfilho e Armando Ribeiro não deixam passar notícias importantes seja o dia que for. 😊🎅🏼

“Na escala entre doces e crack, [as telas] estão mais perto do crack.”

Palavras de Chris Anderson, ex-editor da revista Wired e hoje CEO de uma empresa de robótica e drones e presidente do TED Talk. 

Ele, que tem cinco filhos, impôs algumas regras, como:⠀
🔺nenhuma tela no quarto⠀
🔺bloqueio de conteúdo em rede⠀
🔺nada de rede social até os 13 anos⠀
🔺nada de iPad⠀
🔺nada de horários de tela geridos por meio do WiFi⠀
🔺mau comportamento? A criança fica offline por 24 horas.⠀

Tai um assunto importante que estamos ignorando.

Infelizmente hoje, horas de orientações pediátricas de qualidade são destruídas por 15 minutos de internet.

Os YouTubers mais bem pagos do país com milhões de seguidores tem seu público essencialmente formado por crianças e adolescentes.

Grandes empresas investem milhões em publicidade infantil deliberada nestes canais que ainda são terra de ninguém.

Por enquanto nós profissionais de saúde apenas responsabilizamos os pais mas o artigo no NYT mostra que se a sociedade toda precisa falar a mesma língua ou nossas crianças não passarão de adultos consumidores compulsivos.

Qualquer discurso de prevenção que ignote a infância está fadado ao fracasso. Ainda dá tempo de olhar para a infância como única oportunidade de prevenção real.

Artigos criados 62

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.